KIT DE MORDOMIA INFANTIL - orientações para professores e líderes da obra

O que é e como usar o kit de mordomia infantil.

Olá! Temos a responsabilidade de preparar a próxima geração que levará a mensagem de Deus ao mundo e o estudo das lições é fundamental para isso.  Outubro é o mês em que devemos acirrar a campanha de assinatura dessa ferramenta de ensino. Cada criança da ESIR deve ter sua lição. Para alcançarmos esse alvo, precisamos trabalhar juntos. Todos os pais devem dar prioridade a esse assunto, adquirindo a lição a tempo.  E para os pequenos cujos pais não têm recursos ou não são da igreja, devemos procurar padrinhos que os adotem. Há pessoas que gostam de crianças e que podem ajudar: irmãos de mais idade, casais sem filhos pequenos, jovens que já têm seu próprio sustento. Se forem abordados, com certeza contribuirão.

Além dos tradicionais apelos na igreja, podemos usar várias outras estratégias: e-mails, mensagens nas redes sociais, conversas pessoais, bilhetes, incentivos, etc. Todos esses recursos são válidos. E vocês agora podem contar com mais um: a campanha de mordomia infantil que inclui um folheto educativo, a arte para um cofrinho e tags identificadoras.

No folheto, as crianças aprendem como administrar os recursos que recebem dos pais, separando uma parte para os dízimos e ofertas (DAR), outra para GASTAR com suas necessidades e a última para GUARDAR, tendo em vista algum objetivo. Cada uma dessas partes deve ser colocada em um lugar específico: o dízimo tem seu envelope; as ofertas e o dinheiro de gastar ficam em espaços diferentes dentro da carteira ou bolsa (ou em uma carteira ou uma bolsa para cada fim); e o de guardar vai para um cofre. Este pode ser de qualquer modelo e tamanho, comprado pronto ou feito com reciclados. O importante é que seja utilizado.

O cofre de papelão, facilmente encontrado em lojas de utilidades, é uma ótima escolha. É barato, pode ser personalizado e já tem uma arte feita sob medida para ele. Ela fica ótima se for impressa em papel 120g, mas o papel sulfite também pode ser utilizado. Na mesma arte estão as tags DAR. GUARDAR e GASTAR, que poderão ser colocadas nas divisões das bolsas e carteiras para lembrar as crianças de como deve usar cada parte de seu dinheiro.

Já que no mês de outubro se encerra o prazo para assinatura com desconto, esse cofre passa a ser uma ferramenta na campanha de assinatura das lições. A ideia é que as crianças e seus pais utilizem os cofrinhos para juntar o dinheiro necessário. Toda a família pode colocar ali seus trocados, o valor de pequenas renúncias e as contribuições de amigos e parentes. Os professores e líderes da obra podem fornecer os cofrinhos também para pessoas que se dispõem a ajudar as crianças da ESIR, mas não têm todo o recurso de uma única vez. A esperança é que tanto o folheto quanto os cofrinhos sirvam não apenas para adquirir a lição, mas também como um treinamento para a administração dos recursos da família e incentivo para outros alvos sejam alcançados.

É muito importante que a educação financeira comece cedo, para formarmos membros fieis e prósperos, livres de dívidas e em condições de ajudar a causa de Deus. E a assinatura das lições é uma ótima oportunidade para que esse preparo seja iniciado.

Baixe o ki completo aqui: bit.ly/2Omcinu

Assista a um vídeo explicativo aqui: bit.ly/2QmF057